segunda-feira, 7 de julho de 2008

Gaio


São estas as aves que me têm acordado logo pelas cinco da manhã.


É uma grande ave dos bosques, com cauda comprida, asas arredondadas e plumagem muito característica. Tem um comprimento de 33 a 36 cm e um peso de 140 a 190 g. Tem uma coroa malhada de preto e branco, um bigode preto, dorso e ventre castanho rosado. As asas e a cauda são pretas, com o uropígio e parte interna das asas brancas, ambos muito visíveis em vôo. Apresenta uma mancha azul iridescente, com riscas finas pretas e brancas, nas grandes coberturas primárias, muito característica.



Os gaios-comuns não se sentem à vontade em terrenos abertos. Vivem geralmente em matas de folha caduca, de coníferas e mistas ou bosques pouco desenvolvidos, mas podem inclusive viver em parques e jardins de pequenas e grandes cidades.



3 comentários:

Anónimo disse...

E diz lá que não é bom acordar às cinco da manhã com o cantar destas lindas aves,eh? Um conselho: não durmas, assim já não te acordam! ;)
EGO

Sofia disse...

É um acordar agradável, pelo menos...

pintarolix disse...

Tenho esse previlégio diário, durante a noite as corujas e logo com os primeiros raios de luz desbrotam numa festa tal... estou tão habituada com este despertar tão espiritual que saindo daqui estranho